Saiba mais sobre a lei que proibirá a venda de filhotes de animais domésticos

Uma nova lei tem chamado a atenção do mundo inteiro, sobretudo dos protetores dos animais. Trata-se da proibição de comercialização de cachorro e gatos quando filhotes. Embora a redação da legislação tenha agradado muitas pessoas, vale ressaltar que ela é válida somente em território britânico. De acordo com representantes do governo da Grã-Bretanha, a nova norma passará a valer já em 2019.

Com isso, espera-se que os interessados em possuir um desses animais entrem em contato diretamente com criadores que desejem efetuar doações. São considerados filhotes os animais com até seis meses de vida. As notícias acerca dos esclarecimentos referentes à nova lei foram divulgadas através de um representante do Ministério de Meio Ambiente britânico. Lá o órgão é mais conhecido pela sigla “DEFRA”, em uma alusão a todas as vertentes contempladas pela instituição.

Segundo o governo local, a criação da lei surge com o intuito de se evitar com que locais destinados a criações aumentem no país. Conhecidos como fazendas de criação de gatos e cachorros para venda, estes ambientes são administrados sem que haja preocupação com o bem-estar dos animais. Dessa maneira, governantes declararam que esses filhotes costumam ser criados em condições degradantes, daí a importância da nova legislação.

Para David Rutley, responsável pelo gerenciamento da área de bem-estar animal presente no DEFRA, a lei em questão atua como o começo de uma forma de garantia que os animais sejam bem tratados desde o início de suas vidas.

Para que a lei fosse de fato aprovada, houve uma consulta de natureza pública, a fim de se conhecer o que a população pensava sobre o assunto. Os governantes mostraram-se surpresos com o resultado obtido, uma vez que quase a totalidade das pessoas demonstraram-se favoráveis à proibição expressa no documento.

A aprovação da lei foi comemorada com veemência por membros de organizações que se destinam a proteger animais, como por exemplo, a Battersea Dogs e Cats Home. A entidade em questão resgata cachorros e gatos que vivem nas ruas do Reino Unido. Além disso, a Pup Aid, que luta contra as fazendas de criação, também mostrou satisfação com a notícia.

 

Saiba mais:

https://www.terra.com.br/noticias/reino-unido-vai-proibir-venda-de-filhotes-em-pet-shops,4d4c75af406ad780f413cea0880c09a7df5cldmh.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *